Tempo de leitura: < 1 minuto

Nova pesquisa Millennials’ Top 100 Brands, da agência Moosylvania, feita nos Estados Unidos, com 1.000 consumidores, apontou as marcas favoritas da geração millennial (ou Y, os nascidos entre 1981-1995). Entraram na lista, ou melhoraram sua posição, aquelas que priorizaram conexões emocionais. Caíram as que tiveram dificuldade em dialogar com o cliente, especialmente em tempos de crise.

Os resultados mostram a importância do relacionamento marca-cliente para além do transacional, principalmente durante a pandemia. O texto traz o ranking com as 100 marcas prediletas dos millennials, cujo pódio é composto pela líder Apple, seguida pela Nike, e com a Amazon na terceira posição. Refletindo o duro ano que tiveram, nenhuma companhia aérea entrou na lista em 2021. 

ACESSE O CONTEÚDO COMPLETO (EM INGLÊS)