Tempo de leitura: < 1 minuto

Se há uma marca que sabe como oferecer experiência do cliente utilizando a cultura da convergência, com narrativas em diferentes mídias, essa empresa é a Disney. Este texto traz um excerto da autobiografia de Robert Iger, CEO da gigante do entretenimento, à frente dela há 15 anos, e responsável por fusões e revoluções na empresa.

O texto mostra, por exemplo, como seu acordo com Steve Jobs foi o começo do streaming de conteúdos da Disney, via iPods. Recomendado por Bill Gates, o livro traz inúmeros cases corporativos e ideias sobre como atender a diferentes públicos em diferentes canais, engajando crianças e adultos, seja em um parque de diversões ou via telas de smartphones e computadores.

ACESSE O CONTEÚDO COMPLETO