Tempo de leitura: < 1 minuto

Quem conseguiu manter, e até melhorar, serviços e processos na pandemia viu sua marca valorizar. Pesquisa BrandZ Global 2020, da Kantar, mostra que empresas e setores mais bem adaptados ao ambiente digital sofreram menos com a crise. Varejo e tecnologia, com forte influência dos serviços e-commerce e delivery, mantiveram, ou viram crescer, o valor de suas marcas. E a experiência do cliente tem papel central aqui.

Apesar da queda de 2% no setor de fast food, com fechamento de lojas físicas, McDonald’s e Starbucks aceleraram seus processos de digitalização e retiveram o valor de marca. O setor de varejo viu um crescimento de 21% em valor, muito impulsionada pelo e-commerce. Não à toa, a Amazon é a marca mais valiosa, crescendo 32%, com um valor de US$ 415,9 bilhões.

ACESSE O CONTEÚDO COMPLETO