Tempo de leitura: < 1 minuto

Segundo um levantamento da fintech de benefícios flexíveis Vee, gastos com o home office cresceram 2.140% de janeiro a novembro deste ano – somente em novembro, o crescimento foi de 70% em comparação com o mesmo mês de 2019. Isso demonstra que apesar da segurança e comodidade do trabalho remoto, novas necessidades e gastos surgiram.

O delivery de comida explodiu este ano: 530% no mesmo período analisado, mas a troca do vale refeição pelo de alimentação, aceito em supermercados, também foi comum. Manter a produtividade dos colaboradores e o senso de comunidade a distância é um desafio hoje e ele passa pelo atendimento dessas novas demandas, como ajuda de custo para insumos (eletricidade etc.) ou programas de auxílio psicológico. 

ACESSE O CONTEÚDO COMPLETO