Tempo de leitura: < 1 minuto

Centralidade no cliente não é tão óbvia quanto parece. Este texto aborda o tema, citando um levantamento da Bain & Company onde apenas 8% dos entrevistados descreveram sua experiência com empresas como positiva, enquanto 80% das marcas acreditavam ter oferecido uma experiência positiva. Ser customer centric é muito mais que ser customer friendly.

O relacionamento com o consumidor vai além de um bom atendimento, mas de geração de valor de todas as áreas da companhia para resolver o problema do cliente, seja ele qual for. O artigo traz cases, como da empresa que criou uma linha premium para focar em segmentos de seus clientes e também de adaptações a novas demandas, como o e-commerce, gerando experiências realmente engajadoras.

ACESSE O CONTEÚDO  COMPLETO