Tempo de leitura: 2 minutos

Um dos eventos mais importantes do setor de Loyalty no país, o Fórum Brasileiro de Fidelização volta para sua quinta edição, que acontece no dia 13 de setembro, em São Paulo. O encontro, em formato presencial, coroa os números de 2021 da ABEMF (Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização, responsável pelo fórum), que apontaram uma retomada do setor em níveis pré-pandemia.

O fórum já está com inscrições abertas pelo site (aqui) e irá reunir especialistas do Brasil e do mundo em painéis e palestras diversas. O objetivo é debater o status atual do mercado de fidelidade no Brasil e no exterior, o comportamento do consumidor pós-pandemia, oportunidades, desafios, potencial de crescimento e impacto de novas tecnologias no mercado.

números de 2021 abemf

Os números de 2021: a retomada

Segundo os números consolidados pela ABEMF, o ano de 2021 marcou uma retomada aos níveis pré-pandemia no setor de fidelização. As empresas do setor movimentaram R$ 6,05 bilhões, valor apenas abaixo do patamar de 2019 (R$ 7,7 bilhões). O grau de interação (a soma anual das emissões e resgates de pontos/milhas) dos clientes com os programas, por exemplo, cresceu 35,4% sobre 2020 e 9% diante de 2019.

Ao total, foram 22,4 milhões de transações. E o fim do ano foi ainda mais robusto. O quarto trimestre de 2021 apontou crescimento de 19,2% contra o 4T20 (17,1% acima do 4T19). O faturamento bruto desse período ficou em R$ 1,9 bilhão, quase 25% a mais que em 2020 e 10,2% acima do 4T19, com 2021 todo fechando com alta de 13,2%.

Outro indicador positivo foi o do número de cadastros nos programas de fidelidade: 2021 terminou com 180,5 milhões de participantes. Os dados parecem apontar não só a recuperação do setor, mas uma consolidação da relevância dos programas para o consumidor.