Tempo de leitura: 2 minutos

Atrair clientes novos pode custar até cinco vezes mais do que manter os já existentes. Por isso, manter quem já é fiel aos produtos e serviços oferecidos deve ser considerado uma prioridade. Essa regra também é válida quando pensamos em colaboradores de um modo geral. Em especial na força de vendas, considerando a constante necessidade de manter uma equipe de vendas eficaz. Ou simplesmente, para evitar grandes níveis de turnover. Por isso, investir em uma gestão de relacionamento B2B e/ou B2C é importante para reter esse público.

Nesse sentido, o uso do loyalty pode ser uma boa medida para promover engajamento no relacionamento B2B e/ou B2C. Com o apoio de ações de incentivo, canais de comunicação atrativos, estratégias de gamificação e recompensas customizadas, a sua empresa conseguirá obter resultados mais relevantes.

Outro quesito importante para contribuir na interação entre programa e usuário é a busca por entender quem é esse participante. Isso serve para conhecer seu comportamento e fazer com que as atividades propostas sejam executadas. Além disso, facilita se você puder contar com uma tecnologia de ponta baseada em elementos inovadores como o big data.

Pensando nisso, separamos duas dicas de como promover encantamento por meio de um programa de relacionamento ou incentivo. E, como resultado, aumentar o engajamento dos usuários.

Duas dicas para encantar usuários de programas de relacionamento B2B e B2C

Premiações que considerem as emoções dos participantes

A partir de informações, que podem ser coletadas no decorrer do programa de relacionamento, fica mais fácil conhecer os participantes. E então fica fácil definir quais premiações podem ser relevantes para eles.

É indispensável incluir em um portfólio de premiação itens de resgate que seus participantes não tenham o hábito de adquirir. Por serem produtos ou serviços que não cabem em seus orçamentos, ou porque eles nunca se imaginaram em uma posição que permitisse conseguir tal prêmio. Esse elemento surpresa será essencial para marcar o momento da recompensa na memória do participante.    

Mantenha canais de comunicação efetivos para que o usuário possa dar sua opinião e enviar feedback sobre o uso da ferramenta. Além de ocasionalmente ser consultado por meio de pesquisas e entrevistas. Assim, será possível encontrar mais informações a seu respeito. Isso permite ir calibrando o programa de relacionamento no decorrer do mesmo.

Aumentar o Lifetime Value

Antes de saber como utilizar esse indicador, vamos entender brevemente o que ele significa. O Lifetime Value é uma métrica que determina o valor atribuído ao relacionamento que será mantido com um determinado público. Por meio desse indicador é possível medir quão valioso o usuário do programa é hoje e projetar, ainda, seu valor para um futuro (em curto, médio ou longo prazo).

Com base nas interações que serão promovidas com os participantes do programa durante um tempo, pode-se levantar esses dados. E após a análise dessas métricas, é possível pensar em ações sólidas para continuar mantendo esse público engajado com o relacionamento estabelecido.

No caso da nossa plataforma, o Fielo, é possível, por exemplo, analisar em tempo real dados comportamentais dos hábitos dos usuários, através das suas interações com o programa. Por meio desse monitoramento das atividades, também é possível aumentar a conexão do participante com a empresa.

Nossa tecnologia foi pensada com base no conceito de loyalty, um modo inovador de planejar estratégias para gerar um melhor relacionamento com o público-alvo em questão.

Trabalhando com uma tecnologia capaz de analisar esses dados, de forma rápida e segura, será mais fácil pensar em formas customizadas de recompensa, facilitando o alcance do fator essencial em programas de relacionamentos: o encantamento do participante.