Tempo de leitura: < 1 minuto

Este artigo da Think with Google Brasil traz insights valiosos sobre hábitos e intenções de compra por parte dos brasileiros no fim de ano, sendo um dos principais o fato de que a Black Friday não canibaliza o Natal – as compras são diferentes e o período de consumo se estende até depois do Ano Novo. Estratégias de fidelização, portanto, podem garantir o retorno do cliente.

Se na Black Friday o tíquete médio é mais alto e, em geral, com uma aquisição para casa ou para o próprio comprador, o Natal pulveriza os gastos. Há também a espera por saldões e o pagamento de dívidas com o 13º salário. O texto indica ajudar o consumidor com informações úteis de novos produtos; e personalizar as promoções, tanto nas datas, quanto para cada segmento de clientes.

ACESSE O CONTEÚDO COMPLETO