Entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro aconteceu em São Paulo a 11ª Campus Party Brasil. Esse que é um dos principais encontros tech do mundo, reuniu mais de 12 mil campuseiros (participantes) que consumiram 900 horas de conteúdo sobre inovação, tecnologia e criatividade. 

Quem trabalha com planejamento de programas de fidelização como eu, saiu de casa com os olhos bem abertos para experiências que poderiam virar inspiração para boas estratégias, e não deu outra: durante a Campus Party, me deparei com excelentes ações de relacionamento e separei algumas para compartilhar com vocês aqui no TSI.

As ações de relacionamento que fizeram sucesso na Campus Party Brasil 2018

Entre as empresas que promoveram ações no evento, havia:

  • A Ford com intenção de apresentar o potencial tecnológico do seu Mustang incrível;
  • Um trono feito com bonecos Sansão da Turma da Mônica para que o público pudesse sentar e tirar fotos;
  • Um tabuleiro de xadrez humano promovendo a série “Knighfall: A Guerra do Santo Graal”, nova produção do canal History e muito mais.

Contudo, nada me chamou mais atenção, ou gerou mais filas, do que as quatro ações que compartilho com vocês a seguir:  

3 corações, 24 horas e sem parar

Zero panfletagem, zero “nosso grão é o melhor do mundo”. Não tinha que preencher cadastro, não precisava fornecer um e-mail. Era café fervendo sem parar, a fila não cessava e o pessoal era generoso. Era só um estande enorme com um grande coração e gente simpática servindo café.

A ação, intitulada #AFórmulaDoAmor, em parceria com a RádioGeek, também contou com uma Escape Room (sala de escape), onde os participantes foram desafiados a desvendar a fórmula do café perfeito. Outro desafio proposto pela marca envolveu também uma estratégia digital, quando a hashtag #DesbloqueiaMozão completava 1000 tweets, uma geladeira cheia de Pronto, o capuccino da 3 Corações, era desbloqueada.

ações de relacionamento 3 corações

Estande da 3 Corações. Imagem: arquivo pessoal.

Passe livre TNT Energy Drink 

A marca de energéticos montou uma estrutura com uma das versões mais novas do game Just Dance. Os participantes eram ranqueados e os melhores colocados foram presenteados com kits de produtos. Mas as ações de relacionamento da TNT não pararam por aí. De repente, começou um barulho, um espécie de alarme começou a tocar e não demorou muito para que as pessoas percebessem que toda vez que “o sino” tocasse, era só passar no estande e pegar um energético geladinho.

ações de relacionamento tnt

Estande da TNT. Imagem: Geek Publicitário.

 Advergame da Visa 

Era uma espécie de fliperama com um joguinho de labirinto que simulava o processo de autorização de pagamento de uma venda. O desafio era realizar o percurso antes do tempo acabar.

A ação tinha alguns problemas. No primeiro dia do evento, era preciso assistir a uma publicidade de 2 minutos e o participante tinha mais 3 minutos para fazer o percurso. Nesse formato, todo mundo ganhava e a fila era infinita. Já no último dia, era possível pular o anúncio e o usuário tinha apenas 65 segundos para completar o percurso. Quem completava, ganhava uma pulseira de pagamentos já com um chip pré-pago da Visa. Essa pulseira é exclusiva da companhia e está sendo comercializada em seu site por 80 reais.

ações de relacionamento visa

Advergame da Visa. Imagem: arquivo pessoal.

Colete e ganhe da Cup Noodles 

Foi a solução de alimentação mais atrativa da feira. Rápida e sem filas, custava 5 reais a unidade, no ponto e no sabor de preferência dos campuseiros. As pessoas comiam muito e, o melhor, as embalagens vazias eram moedas de troca por minutos em cadeiras de massagem. Algumas pessoas chegaram a procurar embalagens de Cup Noodles pelas lixeiras e até negociaram com outros participantes suas embalagens vazias. Eu, por exemplo, troquei a minha com um rapaz que me emprestou alguns minutos do seu carregador de celular.

ações de relacionamento cup noodles

Posto de troca da Cup Noodles. Imagem: arquivo pessoal.

O que podemos aprender com essas ações de relacionamento?

Dê o primeiro passo

Um fator interessante sobre mecânicas de programas de fidelização e incentivo, que muitas empresas podem ainda não ter entendido, é a importância de dar o primeiro passo. Às vezes, a ordem: público é leal, logo, eu recompenso com prêmio, pode ser invertida. Ofereça a recompensa primeiro. Podem ser pontos de cortesia, pode ser um conteúdo relevante, uma xícara de café 3 Corações ou um energético da TNT. Ações de relacionamento para diferentes públicos podem, e devem, oferecer valor, antes de pedir dados, esperar mudanças de comportamentos e lealdade.  

Use sua marca para engajar

A Visa utilizou uma espécie de “gamificação metalinguística”. A empresa criou um game exclusivo para explicar seu processo de autorização de pagamento. Já a Cup Noodles, conseguiu adicionar mais valor à sua marca quando fez de sua embalagem uma recompensa, uma moeda de troca eficaz e coerente com o ambiente e com o público. Afinal, considerando que muitas pessoas passaram várias horas no evento, o descanso em uma cadeira de massagem fazia todo o sentido. 

Essas foram ações de relacionamento que engajaram usando suas próprias marcas. Observo esse ponto como uma lição importante para muitos programas de incentivo e fidelização que premiam seus participantes com recompensas que não têm ligação com as próprias companhias que as estão promovendo e, assim, perdem a incrível oportunidade de obter conexão emocional com seus públicos. 


Essa foi minha passagem pela Campus Party Brasil. Deixo aqui meu convite para quem ainda não conferiu a série de conteúdos do TSI sobre o Marketing de Relacionamento em 2018.  Eu participei da primeira parte, falando análise de dados e programas de relacionamento. Passa lá!