Já explicamos aqui no blog a metodologia desenvolvida pela Valuenet para desenhar programas de incentivo, o Loyalty Canvas, e como aplicá-lo em diferentes segmentos de mercado. Agora, iremos apresentar como ele pode ser utilizado para diagnosticar e prevenir falhas no planejamento das ações de incentivo.

Antes de continuar a leitura, você precisa saber que o Loyalty Canvas é uma ferramenta que usamos para desenhar, em conjunto com as empresas, um modelo completo de um programa de incentivo. Com o Loyalty Canvas você consegue:

  • Identificar os públicos ideais para atingir seus objetivos;  
  • Definir quais comportamentos devem ser estimulados;
  • Traçar estratégias de como incentivar e recompensar o público-alvo.

Participação do cliente: chave do sucesso na aplicação do Loyalty Canvas  

O envolvimento de diversas áreas da empresa vai ajudar na aplicação do Loyalty Canvas. Utilizando o conhecimento de gestores de diferentes departamentos, como Marketing, Comercial e TI, teremos um programa de incentivos com o DNA do cliente.

Desse modo, é possível promover a conexão entre os setores internos da organização com a equipe responsável pelo planejamento. Esse fator é fundamental para o sucesso da ferramenta e do programa.

O que evitar na construção de um Programa de incentivo?

Focar apenas na bonificação financeira: é um erro bem comum pensar que só bônus em dinheiro será suficiente como motivação para vendas. É essencial identificar os perfis dos participantes do programa para planejar recompensas que possam realmente estimulá-los como: cursos de capacitação, experiências diferenciadas com a marca, viagens, atividades de lazer com seus colegas de trabalho, ou família, dentre outras inúmeras possibilidades.

Achar que o único objetivo de um programa de incentivo é vender mais: o principal objetivo, normalmente, é escalar as vendas, ou aumentar a lucratividade da empresa. Porém, um programa de incentivo relevante deve incentivar múltiplos comportamentos. Uma empresa não precisa apenas que seu funcionário venda mais. Ela precisa que ele atenda bem o cliente, que tenha um amplo conhecimento sobre o produto, que apresente soluções diferenciadas e, por consequência, venda mais.

Utilizando o Loyalty Canvas para desenhar programas de incentivos, fica bem mais fácil identificar esses tipos de falhas em estratégias comerciais e de marketing. Ele é o ponto de partida para construção de programas relevantes e que funcionam.

Tem interesse em saber como o Loyalty Canvas pode ser aplicado em seu negócio? Entre em contato conosco!

Kit de Ferramentas Loyalty Canvas

Compartilhe!
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone