Sua empresa está procurando soluções para melhorar o relacionamento com seus clientes?  Um caminho interessante é analisar sua base de dados.

Todas as informações obtidas em sua base de clientes fornecem muitas oportunidades para não só avaliar se suas estratégias de venda estão funcionando, mas também para criar novas ações, ainda mais lucrativas.

Base de dados: conheça recursos para auxiliar a análise de informações

Não estamos falando de Big Data (que é bem interessante) mas de recursos simples para melhorar a análise da sua base de dados. Conhecer seus clientes e identificar aqueles que você precisa dar mais atenção é um ótimo primeiro passo. E, claro, você vai querer fazer o que for possível para mantê-los por perto (e vamos te dizer porquê).

Para isso, é importante analisar os seguintes aspectos de sua base de dados:

  1. Identificar seus clientes e receitas: quanto cada cliente comprou no último ano? No último trimestre? Ele está diversificando os produtos ou serviços que compra? Ele tem potencial para consumir outras ofertas que sua empresa oferece?
  2. Verificar quantos clientes foram responsáveis pela maior parte da sua receita: quais são os que representaram 80% do seu faturamento?
  3. Monitorar o seu índice de churn: métrica para acompanhar a perda de clientes.

Este costuma ser um momento revelador para as empresas, independentemente do porte ou área de atuação. Isso porque, em geral, de 20% a 40% dos clientes responde por 80% da receita. Se achar que já ouviu isso em algum lugar, trata-se do princípio de Pareto. Pode ser aplicado em muitas áreas, como economia, logística, software e também na gestão do relacionamento com clientes.

Outro ponto é que geralmente a taxa de churn anula o crescimento de sua base de compradores. Ou seja, você faz um grande esforço para trazer novos clientes, mas não se dá conta de que os perde com grande facilidade.

Por isso, é preciso ter um plano de ação para abordá-los e tê-los sempre impactados por sua empresa com algo relevante, criando incentivos para que ele volte a comprar periodicamente.

Não foque apenas em ações de captação de curto prazo, priorize o relacionamento com seus melhores clientes. Essa estratégia trará resultados muito mais consistentes do que agir pensando somente em conseguir novos.

Se sua empresa já tem um programa de incentivo ou relacionamento que utiliza o Fielo, plataforma de gestão criada pela Valuenet Incentive Solutions, sabe como é fácil acessar informações chave sobre a evolução do programa em tempo real, transformando sua base de dados em informação para tomadas de decisão com toda agilidade.

A interface do programa, vinculada a plataforma Fielo, ainda permite a exibição de conteúdo customizado para os participantes, ou para segmentos de sua base. Promove assim um canal de comunicação poderoso, por ser contínuo e personalizado. Então, o grande desafio para dar tudo certo é ter uma base atualizada e tratada, assim suas ações tem muito mais chances de acertarem o alvo, com ofertas relevantes para cada público.

Com o tempo, irá perceber que, ao reter os melhores clientes e seguir expandindo sua empresa, o crescimento da receita será constante. Parando de perder clientes é possível crescer ainda mais. E aí, vamos começar o ano com esta meta de churn zero?

Valeunet - CTA - Whitepaper

Compartilhe!
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone